Domingo Tem Teatro para Adultos

Novidade! Domingo Tem Teatro para Adultos

Com a mesma proposta de apresentar espetáculos de qualidade comprovada a preços populares, a Cia Cuca de Teatro avança mais uma etapa e passa a oferecer uma nova programação teatral na cidade, é o Domingo Tem Teatro para adultos. O espetáculo só tem início às 19:30h, mas o público pode chegar mais cedo para aproveitar o espaço do Teatro do Cuca, aberto a partir das 18:30 com música ambiente, exposição e  mesas arrumadas para quem quer bater um bom papo ou tomar um café antes do espetáculo começar, enfim o ambiente que faltava para animar as noites de domingo.

PROGRAMA DO SÓCIO DOMINGO TEM TEATRO

Saiba mais…

PROGRAMAÇÃO ESPETÁCULOS ADULTOS – 2° SEMESTRE  DE 2011

SEBASTIÃO

Duração: 80min.    Classificação: 14 anos
Autor, Encenador e Ator: Fábio Vidal      Origem: Salvador -BA
Dias 09, 16, 23 e 30/10 às 19:30h no teatro do CUCA

“Sebastião” com o premiado ator Fábio Vidal

Último espetáculo da temporada do Domingo Tem Teatro para Adultos em 2011

O Domingo Tem Teatro para adultos que iniciou a sua programação teatral em abril deste ano encerra a temporada de 2011 apresentando como última atração o espetáculo “Sebastião” com o ator Fábio Vidal que recebeu em 2010 o Prêmio Braskem de melhor ator da Bahia. A montagem é aguardada pelos feirenses, assíduos freqüentadores de teatro e também pelo público em geral, que vem prestigiando o teatro na cidade.  O espetáculo Sebastião é uma encenação teatral baseada em um fato verídico e singular ocorrido em 2007, na Bahia (no Nordeste Brasileiro). Em Maracangalha, distrito próximo a Salvador, um avião transportando 5,6 milhões de reais, sofreu um acidente, caiu e foi saqueado por muitas pessoas. Ao invés de felicidade, este dinheiro trouxe desespero e terror para os moradores locais. A história é contada e vivida por um cearense, chamado Sebastião, que  se vê envolvido em uma trama de perseguição e violência, depois que participa do saque do dinheiro que caiu com o avião. Devoto do Padre Cícero, viciado em jogos e totalmente endividado, Sebastião, por obra do acaso, recebe um tesouro “dos céus” que acaba sendo o motivo de sua tragédia. Um presente que vira uma maldição.

Sebastião é uma teatralização de fatos reais que tratam sobre a natureza humana estabelecendo reflexões sobre o poder, o dinheiro, os direitos humanos, a ética, a violência, a baianidade,   alem de trazer referencias cotidianas, etc…  Em meio a muitos personagens que ganham corpo e voz nas historias paralelas contadas por este Jogador/narrador  chamado  Sebastião. O espectador ri, chora e se emociona com as narrativas deste incidente. Um teatro visual e sonoro onde as imagens e as palavras são usadas de modo artesanal e construídas a partir de sensações diversas, que variam entre o cômico, o drama e o trágico.

Sebastião é o quinto trabalho de repertório do Território Sirius Teatro, participante da Cooperativa Baiana de Teatro. O espetáculo foi contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2010, na categoria “Ator”,   indicado na categoria “texto”. Conta com o texto de Fábio Vidal e tem a orientação e colaboração dramatúrgica de Gil Vicente Tavares. O projeto conta também com a participação de Fernanda Paquelet (iluminação), Moacyr Gramacho (direção de arte) e Emerson Cabral (direção musical).

EM CARTAZ

ZONA CONTAMINADA, Montagem reflete sobre a perpetuação da humanidade, com canções de Cazuza

Dias: 11, 18 e 25 de setembro e 02 de outubro
Texto: Caio Fernando de Abreu
Direção Geral: Antônio Marques
Grupo: Arte Sintonia
Origem: Salvador
Classificação: 16 anos
Duração: 60 minutos
Elenco: Leonardo Freitas, Gilson Garcia, Denise Correia, Agamenon Abreu e Lívia França.

Release:
Montagem aborda a perpetuação da humanidade, com canções de Cazuza. Por causa da grande contaminação só resta escombros e destroços, todos são controlados pelo Poder Central, que é a força dominante e controladora do mundo. No texto, o autor Caio Fernando de Abreu, utiliza-se de várias metáforas para refletir a respeito de inúmeras questões relacionadas à existência humana, partindo do ponto de vista que pessoas são excluídas da sociedade pelo fato de ser ou estarem diferentes. Aliado aos pensamentos do autor, o diretor, Antônio Marques, inseriu canções de Cazuza, interpretadas ao vivo pelos próprios atores, para tocar em questões relevantes no que diz respeito às escolhas individuais e aos modos de vida adotados por cada indivíduo, numa discussão intensa através de signos sobre a perda da fé, da esperança e da confiança, além de outras como loucura, futilidades e ilusões.  Os atores interpretam ao vivo oito canções de Cazuza. Cobaias de Deus, Pro dia nascer feliz, Beth balanço, Codinome beija-flor, Down em mim, Todo amor que houver nessa vida, Preciso dizer que te amo e O nosso amor a gente inventa.

SOBRE O AUTOR: O autor Caio Fernando Loureiro de Abreu nasceu no dia 12 de setembro de 1948, em Santiago (RS). Cursou Letras na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, depois Artes Dramáticas, mas abandonou ambos para dedicar-se ao trabalho jornalístico no Centro e Sul do País, em revistas como Pop, Nova, Veja e Manchete. Foi editor de Leia Livros e colaborou com os jornais Correio do Povo, Zero Hora, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo. No ano de 1968, em plena ditadura militar, foi perseguido pelo DOPS (Departamento de Ordem Política e Social), tendo se refugiado no sítio da escritora e amiga Hilda Hilst. Considerado como um dos principais contistas do Brasil, sua ficção se desenvolveu acima dos convencionalismos de qualquer ordem, evidenciando uma temática própria, juntamente com uma linguagem fora dos padrões normais.
SOBRE O GRUPO: A Arte Sintonia Cia de Teatro – Desde a sua formação, há treze anos, dedica-se à pesquisa e ao enaltecimento do teatro brasileiro, preocupados com inserções que associem o trabalho teatral à música e à dança. É conduzida pelo diretor, Antônio Marques, que é formado em Direção Teatral pela Universidade Federal da Bahia e em Educação Artística, pela Universidade Católica do Salvador; Especialista em Fundamentos   do Ensino de Arte pela, Faculdade de Artes do Paraná. O primeiro trabalho do grupo foi em 2000 com a montagem de Um Cravo na Lapela, de Pedro Block, um misto de drama e comédia que aborda a crise na família e os conflitos de classe. Em seguida, já em 2002, o grupo apresenta mais um espetáculo, A Serpente, último texto do saudoso Nelson Rodrigues escrito para o teatro. Neste mesmo ano mais um trabalho foi preparado para os palcos do teatro baiano, Pedaço de Mim, uma impressionante teatralidade das músicas do cantor e compositor Chico Buarque que serviu de base para composição dos personagens.   Ainda em 2004 o público fora contemplado com mais um trabalho do grupo,  A Lei e o Rei, uma adaptação para o teatro adulto do texto infanto-juvenil de Tereza Frota, no qual aborda com muito humor a disputa de dois reis pelo poder, numa divertida sátira à política nacional em tempos de eleição.  O último trabalho da Cia foi Se Acaso Você Chegasse- Musical em homenagem a Elza Soares.

A CARTOMANTE  – De Machado de Assis

Dias: 21 e 28 de agosto e 04 de setembro de 2011

Grupo do Projeto  Conto em Cena

Autor: Machado de Assis:

Direção: Geovane Mascarenhas

Elenco:Fernando Pedro Maria, , Leidy Alencar, Lene Costa, Lion Guimarães, Márcio Nunes, Mônica Araújo, e Welber Oliveira;

Origem: Feira de Santana
Classificação:  14 anos
Duração: 40 minutos
Teatro do Cuca – Endereço: Rua Conselheiro Franco, 66 – Centro
Horário: 19:30 h – Aberto a partir das 18:30h
Ingressos: R$ 16,00 (inteira) R$ 8,00 (Meia)

Release: Um triângulo amoroso se instala no conto de Machado de Assis, entre Rita, Camilo e Vilela. Rita procura uma cartomante a fim de saber como terminaria a sua história. Certa de que a cartomante lhe ajudará  a acreditar nesse amor extraconjugal, tenta convencer o incrédulo Camilo (amante) de que o futuro do seu relacionamento não seria descoberto. Até que Camilo começa a receber cartas anônimas que o faz desconfiar que Vilela (esposo) já saberia do seu caso. Temeroso, Camilo resolve, também, consultar a Cartomante e este fato conduz o conto a um final surpreendente.

SOBRE O PROJETO CONTO EM CENA

O projeto tem a intenção de proporcionar um encontro prazeroso com a Literatura Brasileira, com seus mais expressivos autores. A cada ano um autor é escolhido e o grupo tranpôe para o palco um dos seus textos narrativos (contos). O primeiro autor em foco foi Nelson Rodrigues, o qual tem grande expressividade na literatura, sendo mais conhecido pelos seus textos dramáticos, porém, notadamente encontramos grandes “pérolas” em outras formas textuais. O primeiro conto que compôs o Projeto foi “Noiva da morte”, tornando-se o espetáculo feirense mais assistido e aplaudido no primeiro semestre de 2010. Em agosto do mesmo ano, o projeto apresentou o segundo conto do autor, “O Justo”, também com grande êxito. Em 2011, seguindo a proposta do Projeto, estreiamos mais um conto, e desta vez o autor em foco é Machado de Assis, considerado pelos literários como o maior contista brasileiro de todos os tempos. A obra escolhida foi um dos seus mais famosos contos: A cartomante.

Galeria de fotos do espetáculo A cartomante.

ESPETÁCULOS QUE PARTICIPARAM DA PRIMEIRA TEMPORADA DE 2011

DIAS: 10, 17 E 24 DE ABRIL

Espetáculo: O PULO DO GATO
Grupo: Cabriola Cia de Teatro
Texto, direção e atuação: Heraldo Souza
Assistência de direção e figurino: Etiene Bouças
Iluminação: Luiz Guimarães

DIAS: 08, 15,22 e 29 DE MAIO DE 2011

Espetáculo: SEU BOMFIM
Grupo: Território Sirius Teatro (Grupo integrante à Cooperativa Baiana de Teatro)
Direção, atuação e autoria: Fabio Vidal
Direção conjunta: Meran Vargens
Cenário e figurino: Moacyr Gramacho
Iluminação: Fernanda Paquelet
Maquiagem: Marie Thauront

DIAS: 05, 12 e 19 DE JUNHO

Espetáculo: “SE ACASO VOCÊ CHEGASSE” – A vida de Elza Soares
Grupo: Arte Sintonia Companhia de Teatro
Texto: Elísio Lopes Jr.
Direção Geral: Antônio Marques
Elenco: Agamenon de Abreu, Anderson Grilo, Clara Paixão, Denise Correia, Guilherme Ojis, Josy Varjão, Juliete Nascimeto, Leonardo Freitas e Lívia França.
Arranjos e Direção Musical: Paulo Mutti
Direção Coreográfica: Cristiane Florentino
Figurinos: Agamenon de Abreu
Cenário: Hamilton Lima
Iluminação: Rivaldo Rio
Informações: (75) 3491-8992 – ciacucadeteatro@gmail.com

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.